Tarte de Alfarroba

IMG_2707tbvwm

A alfarrobeira, é uma árvore selvagem, nativa da costa do Mediterrâneo. A alfarroba é a sua vagem comestível, semelhante a um feijão de cor escura, é um alimento saudável e de elevado valor nutritivo.

A farinha de alfarroba, derivado da polpa da vagem torrada e moída, naturalmente doce dispensa o uso de açúcar na confecção dos produtos em que é utilizada. Assim, tem-se tornado uma importante alternativa ao chocolate.

O pó da alfarroba, contudo, possui expressiva diferença em relação ao cacau no conteúdo de açúcar e de gordura. Enquanto o cacau possui até 23% de gordura e 5% de açúcar, a alfarroba possui 0,7% de gordura e um alto teor de açúcares naturais (sacarose, glicose e frutose), em torno de 38 a 45%.

Esta Tarte de Alfarroba, dizem as más línguas, é uma das nossas melhores sobremesas, o estaladiço da massa e o recheio cremoso e suculento são uma verdadeira perdição!

RECEITA

base logo destaque1

  1. a massa estaladiça
  2. o recheio cremoso e suculento

IMG_2709tbvwm

Ingredientes:

  • 1 embalagem de massa quebrada (em breve vamos publicar a receita da massa quebrada para que a possa fazer em casa, é muito fácil e fica óptima)

Recheio

  • 180g de açúcar amarelo
  • 4 gemas
  • 240ml de água fria
  • 50g de farinha de alfarroba
  • 35g de cacau
  • 75g de amêndoa moída
  • 2 c. (sopa) de manteiga derretida
  • 1 limão (a raspa)
  • 1 pitada de canela
  • 1 c. (café) de baunilha
  • 1 pitada de sal

IMG_2675tbvwm

Modo de Preparação:

Forre uma forma (28cm) com a massa quebrada e reserve (existem embalagens em que a massa já tem o formato redondo o que pode facilitar).

Recheio

Numa tigela junte o açúcar, as gemas e a água e com uma varra de arame bata muito bem até que a mistura fique homogénea.

Numa outra tigela junte a farinha de alfarroba, o cacau, a amêndoa, a manteiga, a raspa do limão, a canela, a baunilha, e o sal. Misture muito bem todos os ingredientes e junte ao preparado anterior mexendo tudo muito bem de forma a que fique tudo bem envolvido.

Para terminar pegue na tarteira, previamente forrada com a massa, e deite o recheio dentro desta. Leve ao forno, pré-aquecido a 180ºC, por 32 minutos.

Deixe arrefecer completamente antes de desenformar. Se a tarte apresentar uma pequena racha, como na foto, não se preocupe isso pode acontecer e não altera em nada o sabor delicioso desta tarte.

IMG_2713tbvwm

base logo segredos1

  1. a cozedura da tarte não deve ultrapassar o ponto, caso contrário o recheio fica seco

IMG_2718tbvwm

Testámos e gostámos…!

IMG_2710tbvwmstrip

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s