Empadas de Atum

IMG_0546tbvwm

O Atum é um peixe marinho que pertence à família Scombridae. É caracterizado por ser uma espécie que se move constantemente, efectuando migrações de longas distâncias à procura de alimento ou local para se reproduzir.

Desde sempre que a pesca do atum faz parte da cultura humana, não só como fonte de alimento, mas também como modo de vida. Nesse sentido, os pescadores tinham a necessidade de conservar o peixe que apanhavam de forma a poderem consumi-lo em meses mais rigorosos.

A forma mais usual da sua conservação era a salga, através da colocação de camadas de sal alternadas com camadas de atum. Mais tarde, em 1795, Nicolas Appert criou o método de esterilização, utilizando o azeite ou o óleo vegetal como conserva. Em 1912, Portugal era o principal produtor e exportador europeu de peixe em conserva, composto essencialmente pela conserva de sardinha mas também por atum e cavala.

Pelas suas características nutricionais o atum é uma óptima fonte de proteínas, vitaminas e minerais e de ácido gordo Ómega-3, sendo estes últimos bastante importantes na prevenção de doenças cardiovasculares.

O atum pode ser consumido na forma de conserva, bife ou em cru, pelo que deve variar a forma como o apresenta na sua alimentação. Desta vez optámos por umas deliciosas Empadas de Atum.

RECEITA

base logo destaque1

  1. óptimas para refeições rápidas ou para lanches
  2. muito económicas

IMG_0554tbvwm

Ingredientes:

 Recheio

  • 400g de atum em lata
  • azeite q.b.
  • 1cebola picada
  • 3 dentes de alho picados
  • sal q.b.
  • pimenta q.b.
  • 1 ramo de salsa
  • raspa de ½ limão
  • 4 c. (sopa) de bechamel

Massa

  • 400g de farinha
  • 1 ovo
  • 300ml de caldo de peixe (aproximadamente)
  • 1 c. (sopa) de azeite
  • 1 gema para pincelar

 IMG_0536tbvwm

 Modo de Preparação:

Recheio

Num tacho coloque o azeite, a cebola e o alho e deixe alourar. Depois junte o atum, e deixe cozinhar durante 5 minutos.

Rectifique o sal e a pimenta e adicione o bechamel, a raspa do limão e a salsa bem picada. Envolva tudo muito bem para que todos os sabores se misturem. Reserve.

Massa

Prepare a massa, começando por colocar a farinha numa tigela, à parte bata o ovo e junte na farinha mexendo bem.

Deite o azeite no caldo de peixe e vá adicionando este à farinha mexendo sempre até obter uma massa lisa e moldável.

Embrulhe a massa em película aderente e deixe repousar por 20 a 30 minutos antes de utilizar.

Com o rolo estenda a massa fina de forma a poder cortar círculos para forrar e cobrir as formas. Nós utilizámos formas de 8cm de diâmetro. Logo para forrar a forma são rodelas de massa de 12cm e para tapar a empada são círculos de 8.

Dupla strip

Quando as formas estiverem forradas, coloque o recheio, depois de frio, e tape com um círculo de massa. Para “colar” bem molhe os dedos em água e passe a toda à volta antes de colocar a tampa depois é só apertar cuidadosamente com os dedos as duas partes. Termine calcando a toda á volta com os dentes de um garfo para criar um acabamento mais perfeito.

Pincele as tartes todas com a gema e leve ao forno, pré-aquecido a 180ºC, por cerca de 30 minutos.

nota: nos supermercados ou lojas de chinês podem encontrar formas de alumínio aproximadamente desta dimensão.

IMG_0553tbvwm

base logo segredos1

  1. Nunca tenha a tentação de juntar sumo de limão ao creme porque vai tornar o recheio demasiado liquido uma vez que desfaz o bechamel. Deve utilizar-se sempre apenas a raspa do limão

IMG_0549tbvwmIMG_0561tbvwm

Testámos e gostámos…!

 IMG_0550tbvwmstrip

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s