Mimosa

IMG_2880tbvwm

A Mimosa é um famoso cocktail que dizem ter sido inventado no Hotel Ritz de Paris, mas alguns acreditam que um barman francês roubou a receita de um clube nocturno Londrino e a adaptou ao seu gosto.

Histórias à parte, a Mimosa é uma bebida fantástica e hoje é feita com sumo de diversas frutas em substituição da laranja. Há quem faça com pêssego, alperces, manga, morangos, ananás…

No entanto, na sua versão original nada é mais simples que uma Mimosa, apenas champanhe e sumo de laranja para obter uma bebida incrível!

E nós gostamos dela exactamente assim, como foi criada, com sumo de laranja ou não estivesse-mos nós numa terra de boas laranjas.

Para beber na Páscoa, no Natal, nas festas de aniversário, para servir como aperitivo antes do almoço, ao final do dia para receber amigos ou apenas para relaxar…Qualquer que seja o momento nada é mais elegante, único e invulgar que uma Mimosa.

Simples, alegre, fresca e vibrante! Ideal para beber nas mais diversas ocasiões e festejar!

IMG_2885tbvwm

 

RECEITA

 

base logo destaque1

  1. sabor surpreendente pela combinação dos ingredientes
  2. a cor impactante

 

Ingredientes:

  • 70ml de champanhe por copo
  • 70ml de sumo de laranja natural por copo

 

Modo de Preparação:

Numa flute de champanhe comece por colocar o champanhe até meio do copo, depois encha com sumo de laranja.

Deite cuidadosamente o sumo sobre o champanhe inclinado ligeiramente o copo para não “activar” o gás do champanhe fazendo deitar por fora a bebida.

Deve ser servido bem fresco mas sem gelo, por isso as bebidas devem estar bem geladas.

IMG_2888tbvwm 

Dicas:

A receita original é feita com champanhe e quanto melhor for o vinho, melhor será a Mimosa. No entanto isso não é um obstáculo, escolha o vinho de acordo com o que melhor lhe convier. Pode usar Cava, Prosecco ou um Vinho Branco gasificado. Tenha apenas o cuidado de escolher vinhos secos.

Considerando que metade da bebida é sumo, aconselhamos, vivamente, sumo de laranja natural. No entanto existem alguns sumos, em pacote ou garrafa, de boa qualidade no mercado.

A receita clássica pede partes iguais de ambos os ingredientes, metade vinho, metade sumo de laranja. Mas pode variar, se estiver a servir um aperitivo reduza um pouco o vinho, mas se estiver a servir a Mimosa como cocktail aumente um pouco o vinho e inclusivamente pode, se quiser, adicionar um toque de licor de laranja, tais como Grand Marnier ou Triple-Seco.

Quando fizer uma Mimosa siga sempre uma regra básica que é colocar na taça o vinho e depois acabar de encher com o sumo de laranja. Desta forma, o cocktail vai misturar-se por si só e não vai criar espuma excessiva na parte superior do copo. Também evita a necessidade de mexer a bebida o que iria tirar o espírito ao vinho.

A pior coisa que se pode fazer quando se trata de uma Mimosa é servi-la quente. Conserve o vinho e o sumo de laranja no frigorífico até ser o momento de servir, devem estar “loucamente” gelados. E quando todos estiverem servidos coloque os ingredientes de novo no frio.

IMG_2887tbvwm

Testámos e gostámos…!

IMG_2885tbvwmstrip

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s