Quiche de Mexilhão

IMG_8500tbvwmE a “rota das quiches” continua…desta vez com uma Quiche de Mexilhão à qual é impossível ficar indiferente.

O aspecto é fantástico e o sabor fabuloso! Para todos os que gostam de mexilhões é uma verdadeira iguaria para comer acabada de sair do forno ou mesmo fria.

 

RECEITA

base logo destaque1

  1. a base de cebola caramelizada
  2. fácil de fazer
  3. económica
  4. uma boa opção para lanches, festas e piqueniques

IMG_8498tbvwmIngredientes:

  • 1 embalagem de massa quebrada (ou então uma receita da nossa Massa Quebrada)

Recheio

  • 300g de miolo de mexilhão
  • 4 ovos XL
  • 200ml de natas
  • 2 cebolas médias
  • 2 dentes de alho
  • 1 c. (chá) de farinha maizena
  • 2 c. (sopa) de leite
  • 1 c. (sobremesa) de açúcar
  • 1 c. (sopa) de vinho da madeira
  • 1 c. (sopa) de vinagre de modena
  • azeite q.b.
  • noz-moscada q.b.
  • sal q.b.
  • pimenta q.b.
  • 10 pés de coentros

IMG_8503tbvwmModo de Preparação:

Massa

Primeiro que tudo faça a massa e coloque-a no frigorífico. Depois faça o recheio e quando este estiver pronto está na altura de forrar a forma para o colocar.

Se a massa for de compra comece por colocar uma circunferência de papel vegetal no fundo da forma (28 cm) e depois forre-a com a massa, aconchegando bem junto aos lados, com cuidado para que não se fure. Coloque a forma no frigorífico até ao momento de usar.

Recheio

Para começar ponha um tacho com água ao lume e logo que esteja esteja a ferver coloque os mexilhões e deixe-os cozer 6 a 7 minutos. Depois escorra-os bem e reserve.

De seguida bata os ovos numa tigela, adicione as natas e tempere com a noz-moscada, o sal e a pimenta. Dissolva a farinha maizena no leite e junte ao preparado, vai dar mais consistência ao recheio e ajudar a controlar a humidade dos ingredientes.

Numa frigideira coloque um fio de azeite, os alhos apenas esmagados ligeiramente e as cebolas cortadas em meias luas. Espere até que a cebola fique translucida e nessa altura junte o açúcar, o vinho da madeira, o vinagre de modena e uma pitada de sal. Deixe a cebola fritar até a humidade desaparecer e obter uma textura de compota. Reserve.

Preparar a Quiche

Tire a forma do frigorífico, comece por colocar primeiro a cebola, depois os mexilhões e de seguida deite a mistura dos ovos sobre todo o recheio que colocou.

Verifique se sobra muita massa acima do recheio (isso às vezes depende do tamanho da forma), se isso acontecer corte à volta deixando apenas uma margem de meio centímetro pois a quiche fica mais bonita.

Leve ao forno, pré-aquecido a 170ºC, durante 45 minutos. No final do tempo tire do forno e espere um pouco antes de desenformar para a massa não se partir.

Para terminar coloque num prato de servir e polvilhe com os coentros picados.

IMG_8508tbvwmTBVstrip

 

 

 

 

Anúncios

Quiche de Alho-francês com Cogumelos

IMG_8471tbvwmA quiche tornou-se popular em Inglaterra a seguir à Segunda Grande Guerra e nos nos Estados Unidos por volta de 1950.

Hoje em dia, podemos encontrar uma grande variedade de quiches.  Desde a quiche Lorraine , a original e mais antiga de todas as quiches,  até aquelas com alho-francês, cogumelos, espinafres, carnes diversas, peixes ou mariscos variados.

As quiches são sempre bem vindas e apreciadas para festas e piqueniques, como entrada ou como refeição leve.

A Quiche deAlho-francês com Cogumelos, é uma das muitas que fazemos cá em casa!

 

RECEITA

base logo destaque1

  1. fácil de fazer
  2. económico
  3. uma boa opção para festas e piqueniques

IMG_8473tbvwmIngredientes:

  • 1 embalagem de massa quebrada (ou então uma receita da nossa Massa Quebrada)

Recheio

  • 200ml de natas
  • 4 ovos XL
  • 1 alho-francês grande (320g)
  • 100g de bacon
  • 230g de cogumelos escorridos (1 lata de 400g)
  • 125g de queijo cheddar
  • 2 dentes de alho
  • 1 c. (chá) de farinha maizena
  • 2 c. (sopa) leite
  • azeite q.b.
  • noz-moscada q.b.
  • sal q.b.
  • pimenta branca q.b.

IMG_8474tbvwmModo de Preparação:

Massa

Primeiro que tudo faça a massa e coloque-a no frigorífico. Depois faça o recheio e quando este estiver pronto está na altura de forrar a forma para o colocar.

Se a massa for de compra comece por colocar uma circunferência de papel vegetal no fundo da forma (28 cm) e depois forre-a com a massa, aconchegando bem junto aos lados, com cuidado para que não se fure. Coloque a forma no frigorífico até ao momento de usar.

Recheio

Corte o bacon em cubinhos pequenos e os cogumelos às rodelas, reserve.

Numa tigela, bata os ovos, misture-lhes as natas e tempere com noz-moscada, sal e pimenta. Dissolva a farinha maizena no leite e junte ao preparado, vai dar mais consistência ao recheio e ajudar a controlar a humidade dos ingredientes.

Numa frigideira coloque um fio de azeite e os alhos apenas esmagados ligeiramente e ponha os cogumelos até estes estarem sem humidade. Reserve.

Depois na mesma frigideira conservando os alhos coloque o alho-francês cortado em rodelas e deixe amolecer, sem fritar. Reserve.

Preparar a Quiche

Tire a forma do frigorífico, comece por colocar primeiro o bacon depois os cogumelos e finalmente o alho-francês. De seguida deite a mistura dos ovos sobre todo o recheio que colocou. Para terminar espalhe sobre toda a superfície o queijo cheddar ralado grosseiramente.stripVerifique se sobra muita massa acima do recheio (isso às vezes depende do tamanho da forma), se isso acontecer corte à volta deixando apenas uma margem de meio centímetro pois a quiche fica mais bonita.

Leve ao forno, pré-aquecido a 170ºC, durante 45 minutos. No final do tempo tire do forno e espere um pouco antes de desenformar para a massa não se partir.

Sirva acompanhada com uma salada verde!

IMG_8484tbvwmIMG_8486tbvwmTBVstrip

 

 

 

 

Supremo de Frango em Pão Frito

IMG_4736tbvwm

Uma entrada fácil, feita com ingredientes comuns, do dia a dia que estão normalmente nos nossos frigoríficos e que são fáceis de encontrar.

O Supremo de Frango em Pão Frito tem um impacto visual fantástico e é óptimo para surpreender a todos numa ocasião especial ou apenas porque apetece fazer uma coisa diferente para alguém especial!

RECEITA

 

base logo destaque1

  1. o crocante e o sabor do pão frito
  2. a textura cremosa do Supremo de Frango
  3. o aspecto fantástico

 

Ingredientes:  

Supremo de Frango

  • 750ml de água
  • 2 peitos de frango
  • 1 cebola
  • 1 cenoura
  • 1 talo de aipo
  • 120g de ervilhas
  • 3 c. (chá) de farinha maizena
  • 1 pacote de natas (200ml)
  • 1 cubo Knorr de galinha
  • azeite q.b.
  • sal q.b.
  • pimenta q.b.

 

Pão Frito

  • 1 pão rústico fatiado
  • 1 dente de alho
  • azeite q.b.

 

  • rúcula, agrião ou alface q.b.
  • pimentos assados q.b. (veja a receita de Pimentos Assados no Fogão ou compre em frasco)
  • cebolinho q.b.

IMG_4746tbvwm

Modo de Preparação: 

 Supremo de Frango

Comece por cortar o aipo e as cenouras aos cubinhos. Depois coza o aipo, as cenouras e as ervilhas, em água temperada com sal durante aproximadamente 5 minutos.

No fim do tempo com uma escumadeira retire os vegetais da água e reserve.

De seguida na mesma água adicione o cubo de caldo Knorr e coza os peitos de frango. Depois de cozidos retire-os da água, escorra-os bem e desfie-os. Reserve.

 nota: não deite a água fora, ela ainda vai ser necessária

Num tacho faça um refogado com um fio de azeite e a cebola picada. Quando a cebola ficar translúcida junte o frango desfiado e vá mexendo sempre até o frango alourar.

Depois junte os vegetais e o caldo da cozedura do frango até cobrir o que está no tacho (a água deve fazer nível com os ingredientes).

Deixe levantar fervura, nessa altura junte a farinha maizena dissolvida com um pouco de água e continue a mexer até o creme começar a engrossar. Quando apresentar um aspecto homogéneo junte as natas (que devem estar à temperatura ambiente) e envolva tudo muito bem.

Rectifique o tempero acertando o sal e a pimenta a gosto. Mantenha em lume médio/baixo para deixar as natas engrossarem.

Quando verificar que a consistência está cremosa e firme desligue o lume. O Supremo de Frango está pronto para rechear o pão frito.

IMG_4738tbvwm

Pão Frito

Para começar utilize os Aros de Corte para fazer as rodelas de pão. Faça umas maiores e umas mais pequenas.

nota: no entanto no caso de não ter um aro de corte não tem qualquer problema, com a faca corte triângulos ou quadrados, ou os dois formatos se quiser e use no lugar das rodelas, o efeito apesar de ser diferente acaba por ser divertido.

Numa frigideira coloque um fio de azeite com o alho esmagado e deixe aquecer o azeite. Depois vá colocando as rodelas de pão para fritarem apenas até estarem alouradas.

Depois de fritas retire-as e coloque sobre papel absorvente até arrefecerem.

IMG_4748tbvwm

Preparar o Supremo de Frango em Pão Frito

Num prato coloque uma “cama” de verdes e sobre esta ponha uma rodela de pão frito. Disponha sobre o pão o Supremo de Frango e depois coloque uma rodela pequena por cima.

Ao lado coloque umas tiras de pimento e termine polvilhando com cebolinho.

IMG_4745tbvwm

Dica: 

Os Aros de Corte são um utensílio útil em diversas situações, vendem-se em supermercados, lojas de cake design ou lojas de artigos de cozinha.

IMG_2243tbvwm

TBVstrip

 

Vol-au-vent do Mar

IMG_7231tbvwm

Os Vol-au-vent são sempre uma óptima escolha para uma entrada que se quer simples mas especial, ou não fosse a massa folhada uma estrela à mesa.

Os Vol-au-vent do Mar têm impacto, são requintados e causam sempre sensação!

 

RECEITA

 

base logo destaque1

  1. o impacto visual
  2. a massa folhada que está na base de tudo
  3. o sabor a marisco

 

Ingredientes:

  • 6 Vol-au-vent (com aprox.8cm de diâmetro)

Recheio

  • 1,2 lt de água
  • 350g de pão saloio
  • 6 camarões cozidos
  • 100g de delícias do mar
  • 200g de mexilhão
  • 6 dentes de alho
  • 2 cubos de caldo de marisco (ou um pacote de sopa de marisco)
  • 1 c. (café) de pimentão doce em pó
  • 24 pés de coentros
  • azeite q.b.
  • sal q.b.
  • pimenta preta q.b.
  • piripiri opcional

 nota: os Vol-au-vent podem ser feitos em casa, ou para facilitar podem comprar já feitos em alguns supermercados ou mandar fazer numa pastelaria

IMG_7229tbvwm

Modo de Preparação:

Recheio

Pique os mexilhões grosseiramente, corte as delícias às rodelas e reserve. Coloque de lado 6 rodelas de delícias.

Descasque os camarões cozidos mas deixe a pontinha do rabo com casca. Reserve.

Retire 1,2 lt de água quente do esquentador e adicione os 2 cubos de caldo de marisco (ou um pacote de sopa de marisco), mexa bem para dissolver totalmente os cubos. Reserve.

Num tacho coloque azeite a cobrir o fundo e deixar aquecer bem, adicione os alhos previamente descascados e cortados ao meio e deixos alourar.

De seguida junte o pão cortado em tiras fininhas e deixe cozinhar para o pão absorver o azeito e o sabor do alho. Quando o azeite tiver sido totalmente absorvido pelo pão e este estiver bem tostadinho adicione metade do caldo de marisco que preparou e aguarde até o pão absorver o caldo.

nota: cuidado ao deitar o caldo pois o tacho está muito quente e pode espirrar.

Quando o pão tiver absorvido os 600 ml de caldo junte o pimentão e está na altura de começar a juntar o restante caldo, aos poucos, até obter uma consistência cremosa sem estar papa. Tenha em atenção que dependendo do pão pode ou não ser necessário juntar todo o restante caldo.

Rectifique o tempero, se necessário junte sal mas tenha em atenção que o caldo já é salgado. Adicione pimenta ou piripiri a gosto.

Quando tiver obtido um creme suave junte os mexilhões e as delícias que reservou, envolva bem no creme e espere mais ou menos 7 minutos para cozinhar. Depois desligue o lume e adicione os coentros picados e envolva bem.

IMG_7232tbvwm

Preparar os Vol-au-vent

Disponha os Vol-au-vent num tabuleiro e encha cada um deles com o recheio até ao nível da borda.

Leve ao forno, pré-aquecido a 160ºC, durante 15 minutos. Depois retire-os para uma tábua (ou travessa) e decore com uma rodela de delícias, um camarão e uma folhinha de coentros.

Sirva de imediato!

IMG_7236tbvwm

TBVstrip

Bruschetta de Queijo de Ovelha com Cebola Roxa

IMG_7183tbvwm

A Bruschetta  é um aperitivo de origem italiana (antipasto, que significa “antes da refeição”) feito à base de pão tostado esfregado com alho e regado com azeite.

Existem muitas variantes com azeitonas, com anchovas, com cogumelos, com figos, com diferentes tipos de queijo, com diferentes enchidos…enfim depois da base de pão tostado com alho e azeite o resto é só deixar a imaginação fluir.

Quando existem visitas de última hora preparar uma Bruschetta é sempre uma solução fácil e rápida para se conseguir uma entrada fantástica.

A Bruschetta de Queijo de Ovelha com Cebola Roxa é um bom exemplo de uma Bruschetta feita em poucos minutos com aquilo que havia em casa!

RECEITA

 

base logo destaque1

  1. fácil e rápido de executar
  2. um aspecto apelativo

 

Ingredientes: 

  • 1 baguette
  • 1 queijo de ovelha pequeno
  • 1 cebola roxa
  • 1 c. sopa açúcar amarelo
  • 2 c. sopa de vinagre balsâmico
  • 10 folhas de alecrim
  • 1 dente de alho grande
  • azeite q.b.

nota: nós utilizámos um queijo de ovelha curado amanteigado de Seia (Queijos Fraga)

IMG_7179tbvwm

Modo de Preparação: 

Corte a baguette em rodelas com aproximadamente 4 cm de espessura, coloque-as num tabuleiro e leve ao forno para aquecerem sem torrar.

De seguida descasque a cebola e corte-a em meias luas. Numa frigideira coloque um fio de azeite, adicione a cebola e deixe cozinhar até esta estar totalmente quebrada. Depois junte o açúcar e o vinagre e espere até que este evapore. Desligue o lume e reserve.

Disponha as fatias de baguette numa tábua (ou travessa), esfregue-as com o dente de alho cortado ao meio, borrife-as com azeite e salpique com o alecrim.

Depois coloque uma colher de chá de queijo e leve ao forno 2 minutos só para o queijo derreter ligeiramente. Para terminar disponha sobre o queijo a cebola roxa.

nota: nós utilizámos um queimador a gás de cozinha para derreter o queijo. Este Utensílio também é conhecido por queimador de leite-creme ou maçarico para leite-creme, pode encontrá-lo nos supermercados, em lojas de electrodomésticos e em lojas online. O preço varia bastante.

IMG_7177tbvwm

TBVstrip

 

 

 

Tripas Enfarinhadas

IMG_7470tbvwm

As Tripas Enfarinhadas muito populares no norte do país, principalmente no Minho e Douro Litoral, são um dos muitos petiscos da nossa gastronomia tradicional.

Feitas com as tripas de porco, (depois de devidamente preparadas) são recheadas com farinha de milho temperada com cominhos e pimenta, depois cozidas e então cortadas em pedaços para serem fritas

Inicialmente eram feitas em casa na altura das matanças do porco. Hoje que esse hábito caiu em desuso podemos encontrá-las em alguns talhos por toda a região norte já prontas para fritar. Nos outros pontos do país apenas alguns supermercados as têm.

Na verdade nós não queremos confeccionar Tripas Enfarinhadas, apenas queremos encontrá-las já prontas para as podermos utilizar nos Rojões à Moda do Minho que não são os mesmos sem sem elas, ou para as poder servir como entrada ou simplesmente como petisco para deliciar os amigos que gostam destas coisas!

 

RECEITA

 

base logo destaque1

  1. crocantes
  2. o sabor dos cominhos
  3. indispensáveis nos Rojões à Moda do Minho

 

Ingredientes:

  • 2 embalagens de tripas (640g aprox.)
  • 1 c. (café) de cominhos moídos
  • pimenta branca q.b.
  • sal q.b.

nota: no norte do país podem encontrar as tripas enfarinhadas em vários talhos, nós só conseguimos arranjar no Continente mas parece que o Pingo Doce também tem.

IMG_7478tbvwm

Modo de Preparação:

Abra as embalagens e escolha as tripas que estão bem recheadas rejeitando algumas pontas demasiado pequenas e sem recheio.

Seque-as bem com papel de cozinha para eliminar toda a humidade que vem na embalagem.

De seguida coloque uma frigideira ao lume com óleo abundante e deixe aquecer bem. Quando o óleo estiver bem quente frite as tripas até estas estarem bem douradas.

nota: não frite muitas de uma vez para não arrefecer o óleo evitando assim que fiquem encharcadas no mesmo.

Depois de fritas coloque as tripas em papel absorvente e enquanto estão bem quentes tempere-as com os cominhos, pimenta e sal. Envolva bem, agitando o papel de um lado para o outro. Para terminar coloque numa travessa e sirva!

IMG_7475tbvwm

TBVstrip

Muslitos do Mar Caseiros

IMG_7733tbvwm

Os Muslitos do Mar são feitos exactamente a partir do mesmo preparado que as delícias do mar, apenas apresentam outro formato, estão panados e prontos a fritar, mas todos os adoram.

Nós também gostamos, e eles são uma boa solução para um petisco, um lanche, uma entrada ou mesmo uma refeição ligeira.

Sempre tivemos o hábito de ter uma caixa ou duas para uma situação de “emergência” em que queremos fazer uma entrada rápida para o almoço ou nos apetece fazer um petisco para o lanche. Como em tudo, na vida, às vezes as coisas não correm como se espera e quando fazem falta os Muslitos do Mar nem sempre estão disponíveis.

Pensando bem chegámos à terrível conclusão que temos sempre em casa delícias do mar, mas nem sempre tínhamos Muslitos. Hoje em dia com os Muslitos do Mar Caseiros essa situação está completamente ultrapassada.

Podemos ter uns Muslitos na hora sem dramas e sem preocupações, muito rápidos e fáceis de fazer eles estão na mesa em poucos minutos para qualquer ocasião surpresa ou apetite de última hora…

 

RECEITA

 

base logo destaque1

  1. rápidos e fáceis de fazer
  2. muito versáteis

IMG_7729tbvwm

Ingredientes: 

  • 20 palitos de delícias do mar
  • 1 ovo
  • 40ml de leite
  • 2 c. (sopa) de azeite
  • farinha q.b.
  • pão ralado q.b.
  • óleo q.b.

nota: para obter um efeito mais parecido com os muslitos utilize Pão Ralado Espiga oriental mix crocante  

Modo de Preparação: 

Coloque o ovo numa taça e adicione-lhe o leite e o azeite, bata muito bem com um garfo para misturar os ingredientes.

Depois comece por passar os palitos por farinha, de seguida passe pelo ovo,  por pão ralado, novamente por ovo e para terminar por pão ralado outra vez.

nota: se quiser que fiquem com o pauzinho dos muslitos compre palitos de cocktail e insira no centro da delícia do mar antes de começar a panar.

IMG_7722tbvwm

Coloque numa frigideira óleo abundante e frite os palitos até ficarem dourados. Retire e coloque num papel absorvente para escorrer.

Para terminar disponha numa travessa e sirva acompanhado por uma salada.

IMG_7731tbvwm

nota: para uma entrada mais gourmet sirva simples com maionese e ketchup.

IMG_7742tbvwm

TBVstrip