Caldeirada de Mexilhões

IMG_9195tbvwmCaldeiradas à muitas e algumas são famosas, como a de Peniche, a de Sesimbra, à Algarvia, à Pescador…

Os peixes são variados e as formas de confeccionar são umas mais simples, outras mais complicadas mas existem caldeiradas para todos os gostos.

A Caldeirada de Mexilhões não leva peixe e é muito simples de fazer, no entanto é um verdadeiro petisco de “comer e chorar por mais”!

 

RECEITA

base logo destaque1

  1. o sabor único do caldo
  2. muito fácil de fazer

IMG_9189tbvwmIngredientes: 

Caldeirada de Mexilhões

  • 2kg de mexilhão
  • 1 cebola
  • 4 dentes de alho
  • 1 pimento vermelho
  • 1 c. (sopa) de manteiga
  • 2 c. (sopa) de azeite
  • 1 c. (sopa) de massa de pimento (ou de pimentão)
  • 1 c. (sopa) de massa de malagueta
  • 1 c. (café) de sementes de funcho em pó
  • 1 c. (café) de coentros em pó
  • 1 c. (café) de açafrão
  • pimenta q.b.
  • 1 c. (sobremesa) de mostarda
  • 2 limões
  • 150ml de cerveja
  • 1 cubo de caldo de marisco
  • sal q.b.
  • 10 pés de salsa

notas:

se não tiver mexilhão fresco pode optar por versões refrigeradas/congeladas mexilhão cozido ao vapor refrigerado Pescanova 

a massa de malagueta  (também chamada de pimenta da terra ou pimenta moída) é um produto Açoriano que nós compramos no Jumbo. Serve para intensificar o sabor da caldeirada, no entanto se não tiver este ingrediente disponível pode optar por não pôr ou por substituir por uma malagueta vermelha fresca limpa de sementes e laminada.

Pão Frito

  • pão de Martilongo fatiado (ou outro do género)
  • 1 dente de alho
  • azeite q.b.

IMG_9194tbvwmModo de Preparação: 

Caldeirada

Num tacho coloque a manteiga e o azeite, depois adicione o pimento previamente cortado às tiras, a cebola cortada em meias luas, e o alho laminado. Deixe fritar  durante 5 minutos.

De seguida junte a massa de pimento, a massa de malagueta, as sementes de funcho, os coentros em pó, o açafrão, a pimenta, a mostarda, o sumo de 1 limão, a cerveja, o cubo de caldo de marisco e deixe levantar fervura. Depois espere mais ou menos 10 minutos enquanto todos os ingredientes cozinham e os sabores se fundem.

A seguir junte os mexilhões, envolva bem e deixe cozinhar mais 10 minutos. No final do tempo rectifique o sal e desligue o lume. Para terminar disponha a Caldeirada de Mexilhões num prato fundo, salpique com salsa picada e enfeite com uns gomos de limão.

 

Pão Frito

Numa frigideira coloque um fio de azeite com o alho esmagado e deixe aquecer o azeite. Depois vá colocando o pão na frigideira e vá virando as fatias de um lado e do outro para estas fritarem. Deixe fritar apenas o tempo do pão ficar dourado.

Depois de frito retire-o e coloque sobre papel absorvente até arrefecer.

No final, aprecie a Caldeirada de Mexilhões acompanhada por uma bela travessa de pão frito!IMG_9196tbvwmTBVstrip

 

Anúncios

Queques de Marisco

IMG_9009tbvwmO Queque é talvez o bolo mais simples e versátil que conhecemos. São muito simples de fazer, todos gostam, comem-se em qualquer altura do dia e são sempre bons.

Quando pensamos nos Queques é impossível não pensarmos sempre nos tradicionais bolos com aquele formato redondo com umas pontas à volta “tipo estrela”.

Na verdade os Queques são muito mais que isso e estão muito para além do tradicional. Podem ser simples, mas também podem ter recheios. Podem ser doces, mas também podem ser salgados. Podem ter um formato tradicional ou não.

Os Queques de Marisco são salgados, mas como todos os queques são imensamente versáteis e podem ser usados para lanches, como entrada, como refeição…utilize-os sempre e como quiser!

 

RECEITA

base logo destaque1

  1. fáceis de fazer
  2. muito saborosos
  3. muito versáteis

IMG_9012tbvwmIngredientes:

  • 150g de miolo de camarão
  • 150g de miolo de mexilhão
  • 6 ovos XL
  • 1 dente de alho
  • 250g de farinha
  • 150g de manteiga
  • 2 c. (sopa) de conhaque (ou whisky)
  • 1 c. (sobremesa) de fermento em pó
  • 1 c. (sobremesa) de creme de marisco
  • azeite q.b.
  • sal q.b.
  • pimenta q.b.
  • piripiri q.b. opcional
  • salsa

se utilizar formas convencionais

  • manteiga para untar as formas
  • farinha para polvilhar as formas

IMG_9004tbvwmModo de Preparação:

Coloque o marisco a descongelar com o tempo necessário para que esteja descongelado no momento de usar. Nessa altura tempere-o com sal e pimenta a gosto.

nota: se o marisco estiver congelado, também há solução. Coloque um tacho pequeno ao lume com dois dedos de água e quando esta levantar fervura coloque dentro o marisco para o escaldar. Depois esteja com atenção e verifique quando o marisco amolece, escorra-o e nessa altura está pronto a usar.

Antes de fazer a massa dos queques comece por preparar as formas untando-as com manteiga e polvilhando-as com farinha.

nota: se utilizar Formas de Silicone pode saltar este passo, apenas tem que colocar as formas num tabuleiro e enchê-las na altura sem qualquer preocupação de untar e polvilhar. Uma verdadeira maravilha!

Com o marisco pronto e as formas em ordem está na altura de começar a fazer a massa, assim pegue numa frigideira e coloque um fio de azeite a cobrir-lhe o fundo, junte o alho laminado e deixe-o tostar depois junte o marisco, picado grosseiramente, e deixe saltear bem e secar a humidade. A seguir regue com o conhaque, adicione o piripiri, mexa e retire do lume. Reserve.

Numa tigela bata os ovos, adicione a manteiga derretida e bata bem. Depois adicione a farinha peneirada, o fermento e o creme de marisco. Envolva tudo até estar homogéneo.

Junte o marisco que reservou, a salsa picada e envolva todos os ingredientes. Rectifique o tempero, se necessário junte mais sal ou pimenta. Depois encha as formas, mas não até cima pois os queques crescem bastante.

IMG_8982tbvwmPara terminar leve ao forno, pré-aquecido a 180ºC, durante 30 minutos. Retire do forno, deixe arrefecer ligeiramente e desenforme.

Sirva acompanhados por uma salada verde.

IMG_9006tbvwmIMG_9016tbvwmTBVstrip

Dourada no Forno

IMG_9151tbvwmExiste uma quase “obsessão” com a Dourada que nos obriga a comê-la quase sempre grelhada e escalada.

Não podemos dizer que não gostamos, ou que não é uma boa forma de a cozinhar, no entanto em casa para nós uma das melhores maneiras de confeccionar Dourada é no forno e ao contrário do que possam pensar fica espectacular.

A Dourada no Forno é um dos nossos pratos de peixe favoritos, muito simples de fazer e é delicioso!

 

RECEITA

base logo destaque1

  1. simples de preparar
  2. uma óptima apresentação

IMG_9152tbvwmIngredientes:

  • 1 dourada (aprox. 800g)
  • 8 batatas médias
  • 2 cebolas médias
  • 4 dentes de alho
  • 5 quadrados de bacon
  • 6 rodelas de chouriço
  • azeite q.b.
  • pimentão doce q.b.
  • sal q.b.
  • pimenta q.b.
  • 12 pés de salsa q.b.

IMG_9154tbvwmModo de Preparação:

Comece por cozer as batatas, em água com sal, aproximadamente 10 minutos. Tenha em atenção que o tempo de cozedura pode variar devido à qualidade das batatas, por isso no final do tempo verifique se estão cozidas. Escorra as batatas e reserve.

Pegue no peixe, previamente amanhado, e faça-lhe 4 golpes (de um lado e do outro). Coloque-lhe sal não esquecendo o interior da barriga e depois distribua o bacon e o chouriço pelos golpes, pelo interior da barriga e por cima do peixe.

Utilize um tabuleiro, cubra o fundo do mesmo com azeite e coloque dentro as batatas. Depois  tempere com pimentão, sal, e pimenta a gosto. Envolva bem as batatas nessa mistura e disponha-as à volta do tabuleiro.

De seguida espalhe as cebolas cortadas em meia-lua no centro do tabuleiro e ponha o peixe por cima.

Regue com um fio de azeite, polvilhe com um pouco de pimentão e coloque a salsa à volta sobre as batatas.

nota: a salsa vai tostar  e dar um sabor bem particular.

Leve ao forno, pré-aquecido a 180ºC, durante 45 minutos. Sirva de imediato!

IMG_9157tbvwmTBVstrip

Empadão de Peixe com Esmagado de Batata

IMG_6015tbvwm

O segundo mais votado cá em casa na lista dos empadões é o Empadão de Peixe com Esmagado de Batata.

Esta altura do ano é o momento ideal para fazer estes pratos por isso vamos aproveitar e comer empadões sejam lá eles quais forem!

RECEITA

 

base logo destaque1

  1. o recheio de peixe cremoso
  2. o esmagado de batata aveludado

 

Ingredientes:

Esmagado de Batata

  • 500g de batatas
  • 4 cenouras
  • 150g de ervilhas
  • noz-moscada q.b.
  • pimenta branca q.b.
  • azeite q.b.
  • leite q.b. (se necessário)

 

Recheio de Peixe

  • 400g de pescada (ou sobras de peixe cozido)
  • 10 delícias do mar
  • azeite q.b.
  • 1 cebola
  • 2 c. (sopa) rasas de farinha sem fermento
  • 350ml de leite
  • sal q.b.
  • pimenta branca q.b.
  • 1 limão
  • 10 pés de coentros

IMG_6011tbvwm

Modo de Preparação:

Esmagado de Batata

Coza as batatas e as cenouras bem cozidas, depois escorra e esmague com o esmaga batatas até ficar tudo bem desfeito. Se a mistura estiver muito grossa adicione um pouco de leite para obter uma textura mais branda. Junte a noz-moscada, a pimenta e um fio de azeite e envolva bem. 

Na água de cozer as batatas escalde as ervilhas durante 5 minutos. No fim escorra-as e adicione-as inteiras ao preparado de batata. Envolva cuidadosamente e reserve.

Recheio de Peixe

Coza o peixe e retire-lhe a pele e as espinhas. Depois corte as delícias do mar em tiras finas, no sentido do comprimento e adicione ao peixe. Reserve.

Num tacho coloque um fio de azeite e a cebola picada e deixe refogar até a cebola ficar translúcida. Depois junte a mistura do peixe com as delícias do mar, coloque sal e pimenta a gosto, e envolva bem.

De seguida adicione a farinha e mexa bem. Depois junte o leite e envolva tudo para ficar com um creme homogéneo. Espere que levante fervura para a farinha cozer.

Desligue o lume e prove, rectifique os temperos, junte a raspa do limão, os coentros picados e envolva bem.

Preparar o Empadão 

Para terminar pegue num tabuleiro e coloque uma camada de esmagado de batata, depois coloque o recheio de peixe e termine espalhando e restante esmagado com um garfo de forma a desenhar umas ondas para dar textura.

strip

nota: faça esta última operação com suavidade para não misturar o esmagado de batata com o recheio do peixe que está por baixo.

IMG_6003tbvwm

 Leve ao forno, pré-aquecido  a 180ºC, durante 30 minutos.

Retire do forno sirva de imediato. Se quiser acompanhe com uma salada.

IMG_6019tbvwm

IMG_6017tbvwm

TBVstrip

 

 

Mil-Folhas de Bacalhau

IMG_8631tbvwm

Com o Natal à porta começam os preparativos para a noite de consoada. As árvores de Natal estão iluminadas, as casas enfeitadas, as prendas embrulhadas…

Já se fizeram algumas compras para a ceia e já conseguimos sentir nos nossos corações o cheiros das filhoses e dos coscorões.

O Bacalhau é Rei à mesa de Natal nesta noite tão especial! A tradição não deve ser quebrada, deve ser mantida.

Cá em casa vamos fazer bacalhau nesta noite de Natal, vamos manter a tradição mas fazê-lo com imaginação.

O Mil-Folhas de Bacalhau vai manter as tradições mas também deixar novas memórias e recordações.

Feliz Natal

RECEITA

 

base logo destaque1

  1. tradição com inovação
  2. o aspecto magnífico
  3. o recheio cremoso

 

Ingredientes:

  • 1 placa de massa folhada ultracongelada (500g)
  • sementes de sésamo q.b.

Recheio

  • 2 postas de bacalhau
  • 1 alho francês
  • 200ml natas
  • leite q.b.
  • 2 c. (sopa) farinha maizena
  • 2 c. (café) de açafrão das índias
  • 1 c. (café) de noz-moscada
  • azeite q.b.
  • sal q.b.
  • pimenta q.b.

nota: pode encontrar a massa folhada no Continente e no Jumbo

IMG_8625tbvwm

Modo de Preparação:

 Massa Folhada

Corte a massa ao meio e com o rolo estenda de forma a obter dois retângulos iguais com aproximadamente 5mm de espessura e com um tamanho de aproximadamente 20cm x 27cm.

Coloque cada um dos rectângulos de massa num tabuleiro e ponha uma rede por cima para que a massa cresça nivelada e toda por igual sem estar a fazer barriga no centro.

nota: se não tiver rede pique a massa com um palito de forma uniforme para evitar que a  massa empole e faça barrigas, não será como com a rede mas também resulta.

Leve ao forno , pré-aquecido a 200ºC os primeiros 15 minutos e depois mais 30 minutos a 150ºC.

IMG_8617tbvwm

Recheio

Primeiro coza o bacalhau. Num tacho coloque as postas e ponha leite até estas estarem cobertas. Deixe ferver 7 a 8 minutos. Depois retire o bacalhau do leite, deixe arrefecer e de seguida tire as peles e espinhas ao bacalhau e lasque-o.

Reserve o leite de cozer o bacalhau.

Corte o alho francês às rodelas e e estas em quatro. Depois numa frigideira coloque um fio de azeite e refogue o alho francês até este estar quebrado. Nessa altura junte o bacalhau e as natas.

Se as natas  não chegarem para cobrir o preparado adicione um pouco do leite que reservou até obter a cobertura total.

Tempere com o açafrão, a noz-moscada, a pimenta e o sal. Envolva cuidadosamente para o bacalhau não se desfazer e prove, se necessário rectifique o tempero.

Deixe cozinhar em lume brando até levantar fervura.

Dissolva a maizena em 150 ml de leite, do que reservou, e depois adicione metade da mistura ao preparado e envolva. Veja como fica a consistência do recheio e se necessário  junte mais  leite com maizena para obter um aspecto cremoso e aveludado.

nota: pode não ser necessário juntar os 150ml, vá vendo como fica a textura

IMG_8635tbvwm

Preparar o Mil-Folhas

Deixe arrefecer ligeiramente o recheio.

Coloque uma parte da massa folhada  numa tábua ou travessa e disponha sobre esta todo o recheio depois coloque por cima a outra parte e salpique com sementes de sésamo.

IMG_8623tbvwm

Sirva o Mil-Folhas de Bacalhau acompanhado por uma salada de agrião de rúcula ou outra  qualquer outra, de preferência, com folhas verdes.

IMG_8641tbvwm

IMG_8637tbvwm

TBVstrip

 

Vol-au-vent do Mar

IMG_7231tbvwm

Os Vol-au-vent são sempre uma óptima escolha para uma entrada que se quer simples mas especial, ou não fosse a massa folhada uma estrela à mesa.

Os Vol-au-vent do Mar têm impacto, são requintados e causam sempre sensação!

 

RECEITA

 

base logo destaque1

  1. o impacto visual
  2. a massa folhada que está na base de tudo
  3. o sabor a marisco

 

Ingredientes:

  • 6 Vol-au-vent (com aprox.8cm de diâmetro)

Recheio

  • 1,2 lt de água
  • 350g de pão saloio
  • 6 camarões cozidos
  • 100g de delícias do mar
  • 200g de mexilhão
  • 6 dentes de alho
  • 2 cubos de caldo de marisco (ou um pacote de sopa de marisco)
  • 1 c. (café) de pimentão doce em pó
  • 24 pés de coentros
  • azeite q.b.
  • sal q.b.
  • pimenta preta q.b.
  • piripiri opcional

 nota: os Vol-au-vent podem ser feitos em casa, ou para facilitar podem comprar já feitos em alguns supermercados ou mandar fazer numa pastelaria

IMG_7229tbvwm

Modo de Preparação:

Recheio

Pique os mexilhões grosseiramente, corte as delícias às rodelas e reserve. Coloque de lado 6 rodelas de delícias.

Descasque os camarões cozidos mas deixe a pontinha do rabo com casca. Reserve.

Retire 1,2 lt de água quente do esquentador e adicione os 2 cubos de caldo de marisco (ou um pacote de sopa de marisco), mexa bem para dissolver totalmente os cubos. Reserve.

Num tacho coloque azeite a cobrir o fundo e deixar aquecer bem, adicione os alhos previamente descascados e cortados ao meio e deixos alourar.

De seguida junte o pão cortado em tiras fininhas e deixe cozinhar para o pão absorver o azeito e o sabor do alho. Quando o azeite tiver sido totalmente absorvido pelo pão e este estiver bem tostadinho adicione metade do caldo de marisco que preparou e aguarde até o pão absorver o caldo.

nota: cuidado ao deitar o caldo pois o tacho está muito quente e pode espirrar.

Quando o pão tiver absorvido os 600 ml de caldo junte o pimentão e está na altura de começar a juntar o restante caldo, aos poucos, até obter uma consistência cremosa sem estar papa. Tenha em atenção que dependendo do pão pode ou não ser necessário juntar todo o restante caldo.

Rectifique o tempero, se necessário junte sal mas tenha em atenção que o caldo já é salgado. Adicione pimenta ou piripiri a gosto.

Quando tiver obtido um creme suave junte os mexilhões e as delícias que reservou, envolva bem no creme e espere mais ou menos 7 minutos para cozinhar. Depois desligue o lume e adicione os coentros picados e envolva bem.

IMG_7232tbvwm

Preparar os Vol-au-vent

Disponha os Vol-au-vent num tabuleiro e encha cada um deles com o recheio até ao nível da borda.

Leve ao forno, pré-aquecido a 160ºC, durante 15 minutos. Depois retire-os para uma tábua (ou travessa) e decore com uma rodela de delícias, um camarão e uma folhinha de coentros.

Sirva de imediato!

IMG_7236tbvwm

TBVstrip

Muslitos do Mar Caseiros

IMG_7733tbvwm

Os Muslitos do Mar são feitos exactamente a partir do mesmo preparado que as delícias do mar, apenas apresentam outro formato, estão panados e prontos a fritar, mas todos os adoram.

Nós também gostamos, e eles são uma boa solução para um petisco, um lanche, uma entrada ou mesmo uma refeição ligeira.

Sempre tivemos o hábito de ter uma caixa ou duas para uma situação de “emergência” em que queremos fazer uma entrada rápida para o almoço ou nos apetece fazer um petisco para o lanche. Como em tudo, na vida, às vezes as coisas não correm como se espera e quando fazem falta os Muslitos do Mar nem sempre estão disponíveis.

Pensando bem chegámos à terrível conclusão que temos sempre em casa delícias do mar, mas nem sempre tínhamos Muslitos. Hoje em dia com os Muslitos do Mar Caseiros essa situação está completamente ultrapassada.

Podemos ter uns Muslitos na hora sem dramas e sem preocupações, muito rápidos e fáceis de fazer eles estão na mesa em poucos minutos para qualquer ocasião surpresa ou apetite de última hora…

 

RECEITA

 

base logo destaque1

  1. rápidos e fáceis de fazer
  2. muito versáteis

IMG_7729tbvwm

Ingredientes: 

  • 20 palitos de delícias do mar
  • 1 ovo
  • 40ml de leite
  • 2 c. (sopa) de azeite
  • farinha q.b.
  • pão ralado q.b.
  • óleo q.b.

nota: para obter um efeito mais parecido com os muslitos utilize Pão Ralado Espiga oriental mix crocante  

Modo de Preparação: 

Coloque o ovo numa taça e adicione-lhe o leite e o azeite, bata muito bem com um garfo para misturar os ingredientes.

Depois comece por passar os palitos por farinha, de seguida passe pelo ovo,  por pão ralado, novamente por ovo e para terminar por pão ralado outra vez.

nota: se quiser que fiquem com o pauzinho dos muslitos compre palitos de cocktail e insira no centro da delícia do mar antes de começar a panar.

IMG_7722tbvwm

Coloque numa frigideira óleo abundante e frite os palitos até ficarem dourados. Retire e coloque num papel absorvente para escorrer.

Para terminar disponha numa travessa e sirva acompanhado por uma salada.

IMG_7731tbvwm

nota: para uma entrada mais gourmet sirva simples com maionese e ketchup.

IMG_7742tbvwm

TBVstrip