Arroz de Forno “Express”

IMG_3981tbvwm

O Arroz de Forno é sempre muito saboroso e agradável, acompanha divinamente qualquer tipo de carne de porco no forno ou frita, cabrito, vitela, na verdade todas as carnes ficam bem com ele.

Por vezes parece existir um mito à volta do Arroz de Forno, alguns parecem pensar que é um prato com alguma dificuldade ou que demora muito tempo a fazer ou ainda que só fica bem feito em forno de lenha.

O Arroz de Forno “Express” é a prova de que os mitos existem mas se podem desmistificar. Nada é tão fácil e delicioso…basta ter uma caixa de arroz integral cozido no frigorífico e em qualquer altura podemos de forma rápida e simples preparar este arroz.

E ele acompanha tão bem o Entrecosto com Mel!

 

RECEITA

base logo destaque1

  1. o aspecto do arroz acabado de sair do forno
  2. o sabor meio torrado do arroz integral
  3. a mistura com os pinhões e as passas
  4. o gosto dos enchidos

 

Ingredientes: 

  • 350g de arroz integral cozido (ver receita)
  • 1/2 chouriço
  • 1 morcela
  • 50g de pinhões
  • 60g de passas
  • 50ml de azeite
  • 1 c. (sopa) de caldo de carne em pó Knorr

IMG_3984tbvwm

Modo de Preparação

Misture no arroz cozido o caldo de carne em pó, as passas, os pinhões e o azeite. Reserve.

Corte o chouriço às rodelas, coloque de lado 12 e pique as restantes.

Corte a morcela, também às rodelas, e leve-as à frigideira para retirar a gordura e as deixar crocantes, depois corte-as em cubos pequenos.

Junte ao arroz que reservou o chouriço e a morcela cortados, envolva bem para todos os ingredientes se misturarem de forma homogénea. Coloque o arroz num tabuleiro e decore com as rodelas de chouriço que guardou.

Leve ao forno, pré-aquecido, a 180ºC durante 12 minutos. O seu Arroz de Forno está pronto a servir!

IMG_3982tbvwm

TBVstrip

Anúncios

Bifinhos de Porco à São Martinho

IMG_3294tbvwm

O Dia de São Martinho é celebrado a 11 de Novembro, normalmente por esta altura o tempo melhora e o sol brilha é o chamado Verão de São Martinho.

Esta data marca o Outono e é normalmente festejada com um Magusto ou seja comem-se castanhas e bebe-se vinho novo. Por isso se diz muitas vezes;

– No dia de S. Martinho, castanhas, pão e vinho.

Nós escolhemos uns Bifinhos de Porco à São Martinho um prato muito saboroso e claro está com castanhas para marcar a data.

 

RECEITA

base logo destaque1

  1. o sabor a “arroz de forno” que o arroz integral dá ao prato
  2. o contraste do caril na carne de porco
  3. um prato bastante económico com muita apresentação

 

Ingredientes:

  • 500g de bifinhos de porco
  • 250g de salsichas frescas
  • 350g de arroz integral cozido
  • 500g de castanhas congeladas
  • 2 maçãs (de preferência reinetas)
  • 150ml de vinho branco
  • 1 c. (sopa) bem cheia de caril em pó
  • 1 dente de alho
  • 1 folha de louro
  • azeite q.b.
  • óleo q.b. para fritar as castanhas e as maçãs
  • sal q.b.
  • 1 limão
  • 100g de pickles
  • 6 pés de salsa

nota: nós fazemos este prato com Arroz Integral, porque lhe dá um toque rústico e um sabor único, que nos faz lembrar o arroz feito pelas nossas avós nos fornos de lenha. No entanto, como é lógico, podem fazer com qualquer arroz.

IMG_3296tbvwm

Modo de Preparação:

Corte os bifes em tiras pequenas, com uma largura de aproximadamente 1cm, tempere-os com metade do vinho, metade do caril, sal, a folha de louro, e o alho esmagado. Deixe ficar neste tempero pelo menos 1 hora.

Comece por fritar as castanhas em óleo bem quente e coloque-as a escorrer em papel absorvente. Aproveitando o óleo quente frite as maçãs, previamente descascadas, descaroçadas e cortadas em cunhas, coloque-as também em papel absorvente. Reserve.

Numa frigideira coloque um fio de azeite a cobrir o fundo e passe aí o arroz, mexa muito bem até estar bem quente. Depois espalhe-o no fundo de uma assadeira, ou outro prato de forno, e alise.

strip

Na mesma frigideira coloque um pouco de azeite e frite a carne de porco (retire a carne da marinada e coloque esta de lado para usar a seguir) até estar bem douradinha mas sem queimar. Retire a carne e coloque-a espalhada sobre o arroz.

Na gordura da carne frite também as salsichas, partidas ao meio ou em três, e depois de fritas junte-as à carne de porco.

Deite então na frigideira o restante caril sobre a gordura que ficou da fritura e mexa bem durante alguns segundos. Junte a marinada da carne e o resto do vinho e deixe ferver mais ou menos 1 minuto.

Regue o arroz e a carne que estão na assadeira com este molho e coloque por cima da carne as castanhas e as maçãs que reservou.

Leve ao forno, a 180ºC, durante 15 minutos. para terminar decore com pickles, gomos de limão e salsa.

Está pronto a servir!

IMG_3292tbvwm

IMG_3302tbvwm

TBVstrip

O Arroz Integral

IMG_3344tbvwm

Hoje em dia, por uma razão ou por outra as preocupações com a alimentação são cada vez mais frequentes. A obesidade é uma realidade da sociedade moderna e traz muitas doenças que precisamos prevenir.

A cada dia é mais natural as pessoas terem cuidado com o que comem e está mesmo na moda o preocuparem-se em ter uma alimentação mais saudável  e procurarem alimentos diferentes dos habituais.

A moda não nos parece muito importante neste contexto, embora contribua sem dúvida muitas vezes para criar um verdadeiro frenesim à volta de um tema o que neste caso pode beneficiar todos os que quiserem seguir a moda e terem uma alimentação mais saudável.

Os alimentos integrais têm sido uma opção cada vez mais frequente nas dietas daqueles que procuram comer melhor, pois como sabemos são menos processados, logo mais saudáveis

O Arroz Integral é um ingrediente que se enquadra perfeitamente nesta situação, é diferente, faz bem e está na moda.

Não queremos convencer ninguém a deixar de comer arroz branco para passar a comer arroz integral. Cada um tem as suas vantagens de sabor e utilização no vasto mundo da culinária, por isso ambos têm o seu lugar.

Mas só por curiosidade cerca de 75% dos nutrientes do arroz perdem-se durante todos os processos de tratamento a que é submetido para que fique branquinho.

Não podemos deixar de pensar que é um desperdício alimentar gigantesco!

O arroz integral (ao contrário do arroz branco) não é sujeito a esses processos pelo que conserva todas as suas propriedades alimentares trazendo muitos benefícios para a saúde. É por isso uma opção a considerar por aqueles que procuram uma alimentação melhor e nutritiva.

O Arroz Integral mais do que o parente pobre, é essencialmente uma vítima dos nossos hábitos alimentares, onde o arroz branco tem um lugar preferencial e também dos mitos que se criaram à sua volta. Há quem diga que não tem um gosto agradável, que é rijo, que é difícil e demorado para cozinhar.

Se quiser mudar a sua relação com o arroz integral, descubra as vantagens e benefícios que ele lhe pode oferecer e saiba que na verdade ele é muito mais saboroso que o arroz branco e muito fácil de fazer do que dizem por aí podendo ser utilizado em todo o tipo de pratos e para acompanhar tudo.

 

Características:

  • tem um sabor mais forte que o arroz branco
  • não é descascado, mantendo assim uma película fina e acastanhada que lhe dá a cor e é conhecida por farelo de arroz
  • tem mais nutrientes, vitaminas, minerais e fibras que o arroz branco
  • faz-nos sentir saciados por mais tempo
  • é de mais fácil digestão porque contém fibra
  • combate as disfunções digestivas e ajuda ao bom funcionamento dos intestinos, eliminando a prisão de ventre.

 

Utilização:

Utilizamos o arroz integral no nosso dia-a-dia, outros tipos de arroz apenas em pratos específicos e situações pontuais.

Pode usar-se da mesma forma que qualquer outro arroz, em todo o tipo de pratos e para acompanhar o que quer que seja

Devido à sua textura firme é ideal para fazer pilaf e saladas de arroz.

Depois de cozido pode ser salteado na frigideira, ou combinado com um número ilimitado de ingredientes para confeccionar pratos em poucos minutos.

Existem muitas dúvidas relativamente à forma como deve ser confeccionado e muitas pessoas dizem que nunca fica bom.

 

Para utilizar o arroz integral em todos os seus pratos basta fazer o seguinte:

Coloque uma panela ao lume com bastante água e deixe levantar fervura. Quando a água estiver a ferver junte o arroz, mexa bem e aproveite para retirar a espuma e as impurezas que estão à superfície da água.

IMG_3352tbvwm

Deixe cozer em lume forte durante 5 minutos para a água ferver com intensidade e depois reduza o lume para o mínimo e deixa-se cozer mais 12 minutos.

Quando estiver cozido escorra a água com um passador e passe o arroz por água fria até que arrefeça totalmente.

IMG_3359tbvwm

Deixe a água escorrer bem, para isso basta deixar descansar aproximadamente 15 minutos no passador. Depois guarde-o numa caixa e coloque-o no frigorífico.

Está pronto a usar quando necessário.

IMG_3378tbvwm

nota: no caso do Arroz Integral o grande segredo está em não colocar, nunca, sal na água de cozer o arroz, porque caso contrário o tempo de cozedura vai ser efectivamente muito demorado.

 

Onde encontrar e Preço:

Pode encontrar-se nos supermercados e lojas de produtos naturais:

  1. Continente: Área Viva, Seara, Saludães
  2. Jumbo: Vive Melhor, Salutem
  3. Pingo Doce: Pura Vida
  4. Celeiro: Naturefood

Os preços variam entre os 0,99 e os 2,89 Euros (kg)

 

TBVstrip