Figos Recheados

IMG_8408tbvwmOs figos frescos ou secos são um fruto que nem todas as pessoas apreciam, uns não passam sem eles, outros nem lhes chegam perto!

Quando frescos são carnudos e suculentos e nós não conseguimos parar de os consumir das mais diversas formas. Mas se estão secos no ponto, com o interior ainda húmido e um pingo de mel são uma sobremesa deliciosa simples ou recheados, em bolos, tartes…

Aparecem com o calor por isso a nós lembram-nos sempre os Verões quentes e as noites longas com os amigos. Aqui em casa adoramos figos, e os Figos Recheados têm um lugar especial nos nossos corações.

 

RECEITA

base logo destaque1

  1. o sabor incrível do recheio
  2. a mistura das amêndoas no interior dos figos

IMG_8422tbvwmIngredientes:

  • 24 figos pretos (e não muito secos)
  • 35g de açúcar
  • 7 gramas de chocolate em pó
  • 65g de amêndoas
  • 1 pitada de erva-doce
  • 1/2 colher de café de canela
  • raspa de 1/2 limão
  • 2 c. sopa de aguardente de medronho (ou outra)

IMG_8419tbvwmModo de Preparação:

Numa tijela juntar a amêndoa bem picada, o açúcar, o chocolate, a canela, a erva-doce, a raspa de limão e a aguardente. Mexer bem os ingredientes para ficarem bem envolvidos uns nos outros.

Puxar, cuidadosamente, os pés dos figos para estes ficarem alongados. Com uma faca fazer um golpe de um dos lados com cuidado para não separar o figo.

Depois recheie os figos com o preparado de amêndoa e ajeite-os de forma a disfarçar o golpe.

São fantásticos para acompanhar o café e um digestivo!

IMG_8413tbvwm

baselogosegredos1

  1. os figos apesar de secos devem estar brandinhos e não ressequidos, caso contrário vão ser difíceis de cortar e rechear de forma a ficarem com bom aspecto

IMG_8414tbvwmTBVstrip

Anúncios

Nutrição – Os Figos

O Figo é o fruto da figueira (Ficus carica), uma árvore da família Moraceae. Originário da região do Mediterrânico,  o figo é uma das frutas mais consumidas desde a Antiguidade, encontrando-se disponível nas alturas mais quentes e secas do ano.

É um fruto de formato periforme e com uma coloração que varia do amarelo ao roxo. O seu interior é carnudo, suculento e muito saboroso, onde se encontram as suas sementes.

Devido à sua riqueza nutricional, o figo é considerado um fruto bastante energético e que apresenta elevados teores de fibra e minerais, apresentando assim efeitos benéficos para a  saúde.

Na cozinha, o figo pode ser utilizado em pratos de entradas, saladas e sobremesas.

Curiosidade: A figueira encontra-se descrita na Bíblia, como a árvore que forneceu as folhas que Adão usou para esconder a sua nudez ao ser expulso do Éden.

IMG_8423tbvwmO Figo é um fruto altamente energético, devido ao elevado teor de açúcares na sua composição. Apresenta um elevado teor de fibras e minerais, destacando-se o potássio, o cálcio e o magnésio.

Este fruto pode ser encontrado na versão fresca e na versão seca, havendo uma principal diferença nos teores de água e hidratos de carbono, pode ser verificado na tabela de composição nutricional.Capturar

Destacam-se alguns benefícios do consumo de figo para a saúde:

  • Auxilio na regulação do transito intestinal, devido à presença de fibras.
  • Regula valores de pressão arterial, devido à presença de potássio.
  • Acção antioxidante.

Atenção:

  • Indivíduos com excesso de peso ou obesidade devem consumir moderadamente este fruto, devido ao seu elevado teor calórico.
  • Indivíduos que sofram de doença renal crónica devem também consumir com moderação o figo, uma vez que este apresenta um elevado teor em potássio.

 

Dicas

Supermercado:

  • No supermercado, deve optar por escolher os frutos que se encontrem macios, mas não muito moles e com a pele intacta. Visto serem alimentos perecíveis, sugerimos não adquirir muitos de uma só vez, pois o risco de deterioração é maior.

Casa:

  • Em casa, o ideal é conservar este fruto no frigorifico.

cátia

Por Cátia Carvalho da Silva

Nutricionistastrip nutrição Final

Salada de Rúcula com Figos

IMG_7927tbvwm

Os figos andam por aí desde o princípio dos tempos, a figueira foi a primeira árvore descrita na Bíblia.

Originários da região do Mediterrâneo existem referências ao facto de serem conhecidos e utilizados desde a idade da pedra.

Nós cá por casa temos memória de gostar deles desde que nos conhecemos como gente e esperamos ansiosamente pelo tempo em que aparecem nas árvores.

Viver no Algarve, onde as figueiras crescem por todo o lado tem as suas vantagens. Ter amigos que têm amigos que têm figos é formidável e ter amigos que os têm no quintal é ainda melhor!

Os figos são por isso frequentes cá em casa e a Salada de Rúcula com Figos, uma das nossas favoritas, torna-se assídua o que deixa uma felicidade inebriante no ar…

 

RECEITA

 

base logo destaque1

  1. a mistura esfuziante de sabores
  2. a harmonia dada pelos figos
  3. o creme de vinagre balsâmico

 

Ingredientes: 

  • 100g de rúcula selvagem (1 embalagem)
  • 8 figos pequenos
  • 3 fatias de presunto
  • 110g de queijo curado
  • 12 azeitonas
  • sal q.b.
  • azeite q.b.
  • creme de vinagre balsâmico q.b.

nota: podem encontrar o Creme de Vinagre Balsâmico nos supermercados junto aos vinagres. A Paladin tem e também existe um da Monari Federzoni.

IMG_7928tbvwm

Modo de Preparação: 

Numa travessa disponha a rúcula a cobrir o fundo. De seguida lave bem os figos e corte-os em quatro e espalhe-os sobre a rúcula.

Corte o queijo e as fatias de presunto em tiras e vá intercalando com os figos. Para terminar coloque as azeitonas.

Tempere com sal a gosto (nós utilizámos sal líquido), um fio de azeite e termine traçando a travessa de um lado ao outro com fios leves de creme de vinagre balsâmico.

Sirva esta fantástica salada como entrada!

IMG_7935tbvwm

 

TBVstrip