Babaganoush

IMG_2704tbvwm

A Cozinha Árabe é sem dúvida cheia de histórias que nos são contadas através de um mundo de sabores, aromas e cores que se misturam para construir receitas simples e no entanto profundamente entusiasmantes…

O Babaganoush é um desses pratos que nos despertam a curiosidade e nos avivam a vontade de descobrir o que está para lá do óbvio. Esta receita na sua versão original apenas requer 3 ingredientes: beringelas, tahine e sumo de limão. Pode no entanto ser temperado com diferentes condimentos ou misturado com cebola, tomate ou outros vegetais finamente cortados. É normalmente comido com pão pita.

Muito popular no Líbano, Síria, Jordânia, Egipto, Turquia e Israel, o Babaganoush é consumido de diferentes maneiras dependendo dos países. No Líbano é servido como entrada ou aperitivo, mas no Egipto, é servido principalmente como um acompanhamento de outros pratos, como se fosse uma salada.

Qualquer que seja a forma de degustar este prato, ele será sempre uma surpresa. Nós, cá em casa, gostamos de o servir como entrada ou para petiscar à tarde com uma taça de vinho ou uma cerveja bem gelada.

 

RECEITA

base logo destaque1

  1. o sabor surpreendente
  2. a textura leve e cremosa

IMG_2698tbvwm

Ingredientes:

  • 2 beringelas grandes
  • 3 c. (sopa) de azeite
  • 240ml de iogurte grego
  • 100ml de tahine
  • 3 dentes de alho pisados
  • 1 c. (chá) de cominhos em pó
  • 1/2 limão raspa e sumo
  • sal q.b.
  • pimenta preta q.b.

IMG_2706tbvwm

Modo de Preparação:

Corte as beringelas ao meio e coloque-as num tabuleiro para levar ao forno. Tempere com um fio de azeite, sal e pimenta e coloque no forno, pré aquecido a 200ºC, durante 45 minutos.

No final do tempo retire o tabuleiro do forno e deixe arrefecer durante mais ou menos 10 minutos. Nessa altura pegue nas beringelas e com a ajuda de uma colher retire a polpa para cima de uma tábua e pique tudo muito bem com uma faca (como picar folhas de espinafres para fazer esparregado) e depois coloque numa tigela.

strip

Junte à beringela picada o azeite, o iogurte, o tahine, os alhos, os cominhos, a raspa e o sumo do limão, o sal e a pimenta e envolva tudo muito bem, prove e rectifique o tempero.

Para servir coloque num prato e com as costas de uma colher espalhe o preparado em círculos para que fique com um desenho circular no prato. Deite por cima um fio de azeite, polvilhe com pimentão doce. Termine colocando coentros frescos picados.

Sirva acompanhado com pão ou tostas.

IMG_2697tbvwm

IMG_2716tbvwm

TBVstrip

Anúncios

Hummus

IMG_2319tbvwm

“Hummus” é uma palavra árabe que significa grão-de-bico e o nome completo do prato em árabe “hummus bi tahina” significa grão-de-bico com tahine. É um prato típico do Mundo Árabe, claro está, feito a partir de grão-de-bico cozido.

Historicamente, o hummus é descrito como um alimento antigo, com identidade milenar, mas nada confirma esta teoria. Na verdade as primeiras receitas conhecidas de um prato parecido com o hummus estão mencionadas em livros de culinária publicados no Cairo no séc. XIII.

História à parte, o hummus é hoje um dos pratos mais consumidos no Médio Oriente, servido como entrada acompanhado por pão pita e muitas vezes a par de outra entrada o baba ganoush (desta falaremos mais tarde).

Fácil de fazer, ingredientes simples, mas delicioso o Hummus é rico, cremoso e com um toque a frutos secos, um verdadeiro sabor exótico que nos transporta para maravilhosos cenários de mil e uma noites com desertos, tendas e oásis luxuriantes.

 

RECEITA

base logo destaque1

  1. o sabor exótico
  2. a textura cremosa

IMG_2323tbvwmIngredientes:

  • 400gr de grão cozido escorrido
  • 3 dentes de alho esmagados
  • 60ml de sumo de limão
  • 1 c. (chá) de sal rasa
  • 80ml de iogurte grego
  • 60ml de tahine
  • 2 c.(sopa) de azeite

nota: em vez dos dentes de alho pode usar 1 colher de sopa de massa de alho, o mesmo para o tahine, pode seguir a nossa receita ou comprar a pasta de tahine já feita que encontra à venda no Continente ou no Celeiro.

 

Modo de Preparação:

Num liquidificador (se for uma quantidade maior utilize uma picadora) coloque o limão, o iogurte, o azeite, o tahine, o sal, o alho e o grão e bata até ficar um creme uniforme e cremoso.

IMG_2182tbvwm

É necessário durante o processo abrir o liquidificador e com uma espátula ajudar a incorporar o grão para ficar tudo bem misturado.

Para servir coloque num prato, espalhe a pasta com as costas de uma colher partindo do centro para fora. Tempere com um fio de azeite, pimentão doce, pimenta preta e umas folhas de salsa ou coentros picados ou só para decorar.

IMG_2321tbvwm

baselogosegredos1

  1. se notar que o creme ficou muito denso pode juntar uma pequena quantidade de água para tornar o hummus mais suave.

IMG_2331tbvwm

IMG_2332tbvwm

TBVstrip

 

Tahine

IMG_2180tbvwm1

O primeiro registo conhecido do Tahine foi encontrado num livro de receitas árabe e data do séc. XIII, é referido como ingrediente de uma receita de Hummus.

Tahine, tahin, taíne ou tahini, não importa a forma como aparece escrito, é uma pasta feirta de sementes de sésamo (ou gergelim) muito utilizada na cozinha do Médio Oriente.

Usado como complemento de muitos pratos e doces, serve também como tempero para alguns como os falafel, o hummus, o baba ganoush… Também pode ser usado para barrar podendo ser consumido puro com pão

É uma boa alternativa às gorduras de origem animal pelo que é adequado a vegetarianos.

 

RECEITA

 

base logo destaque1

  1. base para diversos pratos do Médio Oriente
  2. alternativa a gorduras de origem animal

 

Ingredientes:

  • 200g de sementes de sésamo
  • 100ml de óleo de amendoim (qualquer outro óleo vegetal)
  • 1 c. (sopa) de óleo de sésamo

 

Modo de Preparação:

Leve as sementes de sésamo a torrar numa frigideira, sem qualquer gordura, em lume baixo durante 10 minutos, ou até começar a cheirar a torrado. Deve estar sempre a mexer caso contrário as sementes vão-se queimar pois são muito pequenas.

IMG_2174tbvwm

Retire da frigideira e coloque num tabuleiro para arrefecer, sobre uma folha de alumínio o que depois irá facilitar a manipulação.

IMG_2176tbvwm

Não podem arrefecer na frigideira porque esta está muito quente e por isso mesmo desligando o lume as sementes iriam queimar.

Pegue num liquidificador coloque o óleo de amendoim, o óleo de sésamo e se seguida as sementes. Bata na velocidade máxima até obter um líquido fino e suave. Dependendo da potência do liquidificador pode demorar entre os 4 e os 16 minutos, o importante é verificar a consistência que tem que ser líquida e sedosa.

IMG_2178tbvwm

IMG_2180tbvwm

Coloque num frasco e guarde no frigorífico, está pronto para utilizar quando necessário.

TBVstrip