Feijões Cerâmicos

IMG_6813

Os Feijões Cerâmicos vieram ocupar o lugar que era até hoje do feijão, do grão e do arroz

Pode parecer um luxo parvo ou uma frivolidade, mas é uma maneira fantástica de evitar o desperdício.

Há muitas receitas de tartes e quiches em que é necessário pré-cozinhar a base de massa. Então, para esta não crescer e ficar deformada durante a cozedura é preciso colocar um peso na base.

O mais comum é utilizar feijão, grão ou arroz que depois vão para o lixo. Como o fundo da massa tem que ficar totalmente coberto, ao longo dos anos são quilos de produtos desperdiçados.

A partir de agora podemos dizer não ao desperdício e ser mais sustentáveis. Nós gostamos de o fazer sempre que é possível.

 

Características:

  • Evitam o desperdício
  • Um utensílio útil para quem faz tartes e quiches
  • Fácil de usar
  • Próprio para ir ao forno
  • 100% reutilizável
  • Não tóxico
  • Lavável

IMG_6819

Utilização:

  • Servem para manter a massa no lugar impedindo-a de crescer e de ficar deformada.
  • Permitem cozer ou pré-cozer as mais diversas massas sem ser necessário recorrer ao feijão, ao grão ou ao arroz, ingredientes que acabam por se estragar.
  • Para utilizar basta tapar a massa das tartes ou quiches com papel vegetal e colocar os Feijões Cerâmicos por cima.
  • Depois de saírem do forno guardam-se para voltar a usar.
  • Não se deve pressionar os Feijões Cerâmicos para não marcar a massa.
  • E ainda nos ajudam no momento de fazer as tortas para manter os tabuleiros direitos.

IMG_6815tbvwm

Onde encontrar e Preço:

Pode encontrar-se

1. Na Casa 600g custa 8,99 euros

2. Online em

– Ideiapack 1kg custa 15,91 euros

– Nisbets equipamento de Hotelaria 1kg custa 16,60 euros

IMG_6819tbvwmstrip

 

Torta de Coco

IMG_6786tbvwm

A Páscoa está aí à porta, com ela chegam as amêndoas, os ovos de chocolate, os coelhinhos…os almoços em família, enfim momentos que nos dão prazer e nos fazem felizes.

A Torta de Coco é a nossa proposta para a mesa de Páscoa.

Arte e equilíbrio para um resultado encantador que primeiro nos surpreende pelo aspecto e depois nos deslumbra pelo sabor.

Começamos por descobrir a cor, de um amarelo dourado forte. Depois sentimos a textura suave e macia e percebemos a humidade interior. Por fim a revelação do sabor a coco com uma profundidade e intensidade que nos deslumbra.

À primeira garfada a Torta de Coco conduz-nos pelo imaginário das tortas de Azeitão e, subitamente, à segunda faz-nos entrar no universo dos quindins…uma torta mágica que todos vão adorar!

 

RECEITA

 

base logo destaque1

  1. o exterior amarelinho e brilhante
  2. o interior húmido
  3. uma textura fantástica

 

Ingredientes:

  • 3 ovos
  • 3 gemas
  • 250gr de açúcar
  • 100gr de coco ralado
  • leite q.b.
  • 1 limão
  • 50g de manteiga
  • margarina para untar a forma q.b.
  • papel vegetal
  • açúcar para polvilhar q.b.
  • coco ralado q.b.
  • fios de ovos 125g
  • amêndoas de chocolate q.b.

IMG_6800tbvwm

Modo de Preparação:

Primeiro forre o fundo do tabuleiro (32×28 aprox.) com papel vegetal e unte o papel e os lados do tabuleiro com margarina. Deixe o papel vegetal mais comprido num dos lados para depois enrolar a torta com ele.

IMG_6779tbvwm

Comece por hidratar o coco, para isso coloque-o numa taça e cubra-o com leite e espere cerca de 30 minutos. Depois escorra-o muito bem até deixar de pingar leite mas sem o apertar.

Numa tigela coloque os ovos, as gemas, o açúcar e a raspa do limão. Bata muito bem até o volume duplicar e o preparado ficar com aspeto de um creme fofo.

Junte o coco hidratado e mexa com cuidado, sem bater apenas para incorporar totalmente. Depois adicione a manteiga derretida e mexa apenas para ligar todos os ingredientes.

Deite o preparado no tabuleiro, espalhe bem para ficar uma camada uniforme e leve ao forno, pré-aquecido a 180ºC, durante cerca de 25 minutos. Para manter a forma direita use uma rede com uma taça com peso. A meio da cozedura mova a taça para um dos lados para a torta cozer uniformemente.

nota: o tempo de cozedura depende sempre do tamanho e espessura da torta que estamos a fazer e também do forno é preciso atenção pois esta torta tem que ficar muito macia e húmida.

IMG_6820tbvwm

Depois de cozida, retire do forno e ainda quente e com a ajuda do papel vegetal enrole a torta dentro do tabuleiro. Deixe ficar enrolada no papel até arrefecer.

IMG_6784tbvwm

Apare as pontas, decore por cima e à volta com os fios de ovos, salpique com coco ralado e polvilhe com açúcar em pó. Termine a decoração com amêndoas de chocolate.

nota: para uma decoração normal, polvilhe com coco ralado e açúcar em pó. Se quiser dar um toque mais especial mantenha os fios de ovos.

IMG_6797tbvwm

baselogosegredos1

  1. As tortas devem ser cozidas em tabuleiros finos, de preferência de alumínio, para cozerem rapidamente por baixo e por cima sem secar. Estes tabuleiros por serem muito finos empenam com o calor deixando a massa da torta desnivelada. Para que isso não aconteça sobre o tabuleiro coloque uma rede com uma taça em cima cheia de feijões cerâmicos. (Os feijões cerâmicos podem ser substituídos por feijão normal)
  2. Para verificar se estão cozidas basta abanar o tabuleiro e ver se a massa está “presa”  e de seguida tocar ao  de leve com a ponta dos dedos no centro do tabuleiro se estiver cozida a marca do dedo volta para cima e não marca.
  3. É preciso ter muita atenção ao tempo de cozedura – logo que esteja cozida tem que se retirar imediatamente do forno. Se a massa cozer demasiado e secar a torta vai partir-se ao enrolar

IMG_6812

IMG_6806tbvwm

Testámos e gostámos…!

IMG_6797tbvwmstrip 

Arroz de Pato

IMG_6494tbvwm

O Arroz de Pato, um prato tradicional da gastronomia portuguesa é ideal para refeições especiais.

Nas festas de família, nos almoços ou jantares com os amigos o Arroz de Pato é sempre um prato muito apreciado. Proporciona uma apresentação bonita e requintada que dá brilho a qualquer mesa de festa.

Assim, como se aproximam alguns dias de festa em que é frequente partilhar refeições e bons momentos de convívio, deixamos aqui a nossa versão de Arroz de Pato que tem feito sucesso ao longo dos tempos!

RECEITA

base logo destaque1

  1. o arroz solto e saboroso
  2. o pato estaladiço
  3. o toque tostado dos pinhões

Ingredientes:

  • 1 pato
  • 1 cebola
  • 6 cravinhos
  • 1 cenoura
  • 3 folhas de louro
  • 1 chouriço
  • 150g de bacon
  • 50g de pinhões
  • sal q.b.
  • azeite q.b.
  • 500g de arroz vaporizado Pato Real

IMG_6498tbvwm

Modo de Preparação:

Numa panela bem cheia de água coloque sal a gosto, a cebola cortada ao meio com 3 cravinhos espetados em cada metade, a cenoura aos cubos, o louro, o chouriço partido ao meio e  o pato limpo de pele para minimizar a gordura. Ponha a cozer durante 40 minutos.

strip

Depois de cozido, retire da água o pato, o chouriço, a cebola e a cenoura (a cebola e a cenoura já não têm utilidade). Mantenha a água na panela para cozer o arroz.

Coloque a panela com a água novamente ao lume e deixe levantar  fervura, depois coloque o arroz  e deixe-o cozer durante aproximadamente 15 a 17 minutos. No fim do tempo escorra bem o arroz e reserve.

Neste meio tempo desfie o pato em lascas compridas e não muito finas.

Numa frigideira toste os pinhões com um fio de azeite e depois adicione-os ao arroz que reservou. De seguida na mesma frigideira coloque mais um fio de azeite e salteie metade do chouriço e o bacon, previamente cortados aos cubinhos. Junte também ao arroz e envolva todos os ingredientes para ficarem bem misturados.

IMG_0409tbvwm

Utilizando novamente a mesma frigideira com um fio de azeite no fundo adicione o pato que desfiou e deixe ficar ao lume até estar estaladiço e com aspecto de fritura.

Num tabuleiro de ir ao forno coloque metade do arroz e espalhe para forrar bem o fundo, depois coloque o pato e de seguida o restante arroz. Alise para ficar uma camada homogénea e coloque por cima a outra metade do chouriço cortada em rodelas.

strip1

Leve ao forno, pré-aquecido a 150ºC, durante 30 minutos aproximadamente para tostar o arroz e o chouriço.

Está pronto a servir!

IMG_6500tbvwm

IMG_6506tbvwm

Testámos e gostámos…!

IMG_6498tbvwmstrip

Batatas Cariladas

IMG_6454tbvwm

O caril não é um simples pó, ele é uma mistura de especiarias feito a partir de uma base de açafrão, cardamomo, coentros, gengibre, cominhos, cravinho, noz-moscada, pimenta e canela, mas uma mistura de caril pode levar até setenta plantas diferentes

Dependendo dos gostos e do quem o prepara o caril pode variar imenso. Cada família ou vendedor tem a sua própria mistura que difere na quantidade e diversidade dos ingredientes misturados.

Inicialmente o caril era usado apenas para temperar o arroz, hoje é utilizado para confeccionar inúmeras receitas. Cá em casa utilizamos muito o caril, adoramos o aroma e o sabor por isso é frequente fazermos pratos em que está presente.

As Batatas Cariladas, acompanham bem qualquer prato. Para nós são um acompanhamento de excelência e são a prova de que o caril pode dar um toque especial a um prato simples!

RECEITA

 base logo destaque1

  1. crocantes por fora e macias por dentro
  2. o sabor subtil a caril
  3. o aroma exótico

 

Ingredientes: 

  • 4 batatas médias
  • 1 c. (café) de caril
  • 4 pés de coentros
  • azeite q.b.
  • sal q.b.

 IMG_6451tbvwm

Modo de Preparação: 

Coloque uma panela ao lume com água e sal a gosto. Quando levantar fervura coloque as batatas cortadas ao meio no sentido do comprimento e depois de levantar fervura novamente deixe cozer durante 15 minutos. Faça o teste do palito para verificar se estão cozidas. Não deixe cozer muito as batatas para não se desfazerem.

Depois de cozidas retire-as da água e deixe-as escorrer bem e arrefecer um pouco. Depois corte as metades às cunhas no sentido da largura.

Numa frigideira coloque um fio de azeite a cobrir o fundo e ponha as batatas na frigideira sem estarem umas em cima das outras. Deixe tostar bem dos dois lados, mais ou menos 20 minutos.

Quando as batatas estiverem bem tostadas polvilhe-as com o caril e envolva bem até estarem todas amarelinhas.

Sirva numa travessa polvilhadas com coentros.

IMG_6447tbvwm

 

Testámos e gostámos!

IMG_6447tbvwmstrip

Pão de Batata com Molho de Manteiga

IMG_6547tbvwm

Se o Pão de Batata por si só nos deixa satisfeitos, imaginem o que pode fazer a magia da manteiga de alho!?

O Pão de Batata com Molho de Manteiga. tem toda a simplicidade do pão acabado de fazer enaltecida pelo sabor da manteiga derretida sobre uma crosta dourada.

Simplesmente delicioso, uma entrada a repetir muitas vezes, um petisco que ninguém esquece.

 

RECEITA

 

base logo destaque1

  1. simples de fazer
  2. leve e fofo
  3. uma combinação perfeita com a manteiga de alho

Ingredientes:

  • 450g de batata cozida
  • 450g de farinha
  • 1 c. (chá) de sal
  • 70ml de óleo de girassol (ou milho)
  • 120ml de água morna
  • 11g de fermento de padeiro (1 carteira de fermipan)
  • 1 c. (sopa) rasa de açúcar
  • 50g de manteiga
  • 2 dentes de alho
  • 6 pés de coentros

IMG_6559tbvwm

Modo de Preparação:

Comece por descascar e cozer as batatas. Uma vez cozidas, escorra-as bem e passe-as pelo passe-vite ou esmague-as com o esmaga batatas.

Misture o açúcar com a água morna e o fermento e mexa bem para dissolver totalmente o fermento e o açúcar. Depois espere até espumar para o fermento activar.

Na batedeira coloque a farinha peneirada, o sal, o óleo e a batata. Junte o fermento já activado e bata na velocidade mínima durante 15 minutos para o glúten desenvolver bem. A massa tem que ficar com elasticidade para não partir. Retire a massa da batedeira e coloque-a numa tigela polvilhada com farinha. Tape a tigela com uma pano e deixe levedar durante 1h:30m a 2 horas. A massa deve duplicar de volume

nota: a massa também pode ser batida à mão durante 10 minutos com energia.

Depois da massa pronta divida-a ao meio, cada metade novamente ao meio e repita a operação até obter 8 bolas de massa.

Pegue em cada bola e enrole com as pontas para baixo e para dentro aconchegando com as mãos para obter uma forma redonda mas larga. Coloque cada uma das bolas numa forma redonda salpicada com farinha. Tape tudo com um pano (para a massa não secar) e deixe levedar durante 45 minutos a 1 hora.

IMG_4809tbvwm

Leve ao forno, pré-aquecido a 200ºC, durante 15 minutos. Verifique a cozedura para se certificar que ficam dourados.

nota: se não tiver formas redondas, faça o pão num tabuleiro (veja a receita do Pão de Batata), executando neste os mesmos passos que faria com as formas redondas. Depois de pronto sirva cada pão num prato individual.

Enquanto o pão está no forno prepare o Molho de Manteiga. Ponha a manteiga num tachinho com os alhos picados e leve ao lume para derreter e cozinhar os alhos.

Quando o pão estiver cozido, retire-o do forno, tire cada pão da forma, corte-o em cunhas e regue-o com a manteiga. Coloque novamente no forno apenas 5 minutos para o pão absorver a manteiga e tostar levemente por cima.

No fim salpique com coentros picados e sirva de imediato.  Espalhe os pratos de pão pela mesa que todos vão adorar!

IMG_6552tbvwm

IMG_6585tbvwm

Nota: se quiser pode congelar o pão de batata. Depois de frio ponha-o dentro de um saco bem fechado e coloque-o no congelador. Quando quiser servir um Pão de Batata com Molho de Manteiga, basta deixar descongelar o pão, regar com a manteiga e levar ao forno. Vai parecer acabado de fazer.

Testámos e gostámos…!

IMG_6547tbvwmstrip

 

Pão de Batata

IMG_4824tbvwm

O pão é daquelas coisas que fazem parte do nosso imaginário. Para nós é impossível viver sem pão. Se podemos prescindir dele e há situações em que a comida nunca seria a mesma sem o pão para a acompanhar.

Existem muitas receitas para fazer Pão de Batata simples ou recheado com carnes, com queijo…enfim a nossa imaginação é o limite.

O Pão de Batata, macio e fofo é de comer e chorar por mais. Saboroso e muito agradável, o Pão de Batata é feito com ingredientes simples, mas é fantástico para comer com as entradas, para fazer umas sandes, para comer ao lanche com doce ou para petiscar ao fim do dia.

Cá em casa adoramos fazê-lo logo pela manhã, sentir o aroma pela casa e depois…depois poder explorar as diferentes oportunidades que surgem de nos deliciarmos com ele.

 

RECEITA

 

base logo destaque1

  1. simples de fazer
  2. macio e fofo
  3. versátil

Ingredientes:

  • 450g de batata
  • 450g de farinha
  • 1 c. (chá) de sal
  • 70ml de óleo de girassol (ou milho)
  • 120ml de água morna
  • 11g de fermento de padeiro (1 carteira de fermipan)
  • 1 c. (sopa) rasa de açúcar

IMG_4831tbvwm

Modo de Preparação:

Comece por descascar e cozer as batatas. Uma vez cozidas, escorra-as bem e passe-as pelo passe-vite ou esmague-as com o esmaga batatas.

Misture o açúcar com a água morna e o fermento e mexa bem para dissolver totalmente o fermento e o açúcar. Depois espere até espumar para o fermento activar.

Na batedeira coloque a farinha peneirada, o sal, o óleo e a batata. Junte o fermento já activado e bata na velocidade mínima durante 15 minutos para o glúten desenvolver bem. A massa tem que ficar com elasticidade para não partir. Retire a massa da batedeira e coloque-a numa tigela polvilhada com farinha. Tape a tigela com uma pano e deixe levedar durante 1h:30m a 2 horas. A massa deve duplicar de volume

nota: a massa também pode ser batida à mão durante 10 minutos com energia.

Depois da massa pronta divida-a ao meio, cada metade novamente ao meio e repita a operação até obter 8 bolas de massa.

Pegue em cada bola e enrole com as pontas para baixo e para dentro aconchegando com as mãos para obter uma forma redonda mas larga. Coloque todas as bolas num tabuleiro forrado com papel vegetal, tape com um pano (para a massa não secar) e deixe levedar durante 45 minutos a 1 hora.

Dupla strip

Leve ao forno, pré-aquecido a 200ºC, durante 15 minutos. Verifique a cozedura para se certificar que ficam dourados. Retire do forno e coloque-os a arrefecer sobre uma rede para não ficarem com humidade por baixo.

Pode servi-los mornos ou frios.

IMG_4834tbvwm

IMG_4828tbvwm

Nota: se quiser pode congelar o pão de batata. Depois de frio ponha-o dentro de um saco bem fechado e ponha no congelador, quando quiser usar retire e deixe descongelar. Aqueça-o ligeiramente a vai parecer acabado de fazer.

Testámos e gostámos…!

IMG_4830tbvwmstrip

 

 

Nutrição – A Batata

IMG_6607tbvwm

A Batata apresenta na sua composição uma elevada percentagem de água. É constituída maioritariamente por hidratos de carbono complexos, nomeadamente, o amido. Destaca-se ainda por ser uma boa fonte de potássio e vitaminas C e B6. O seu teor em proteína, gorduras e fibras é diminuto.

Batata1

Vantagens e desvantagens do consumo de batata para a saúde:

  • Apresenta um bom valor nutricional quando é cozinhada a vapor ou no forno. Quando confecionada pelo processo de fritura o seu valor nutricional pode aumentar, devido à absorção de gordura.
  • No entanto, é importante referir que é na casca que há um maior teor em vitaminas, nomeadamente C e B6, desta forma, quando descascadas, ou quando submetidas a processos de cozedura, este teor vitamínico fica reduzido.

 

Dicas

Supermercado/ Casa:

  • No supermercado, deve evitar comprar batatas com manchas verdes, pois indica a presença de solanina, que provoca uma alteração no sabor da batata e risco de intoxicação.
  • Em casa, as batatas devem ser conservadas num local seco e arejado, protegendo-as da luz solar.

 

1798367_10204917360117282_2705349250304587316_n

Por Cátia Carvalho da Silva

Nutricionista

IMG_6607tbvwmstrip